O Predador (2018) – O que podemos esperar? O Predador (2018) – O que podemos esperar?
34shares 34Facebook 0Twitter 0Google+ O Predador foi um filme que em 1987 marcou uma geração, foi o filme que uniu o gênero “Brucutu” à... O Predador (2018) – O que podemos esperar?

O Predador foi um filme que em 1987 marcou uma geração, foi o filme que uniu o gênero “Brucutu” à ficção científica com pitadas de gore/horror. Após tentativas não tão bem sucedidas de trazer o caçador alienígena de volta (Alien Vs Predador, AVP2 e Predators), teremos em 2018 uma nova sequência chamada The Predador (O Predador), e o retorno para esta geração está sob o comando de Shane Black (Máquina Mortífera e Iron Man 3), além de participar do primeiro filme (ele é o Hawkings, o primeiro a morrer).

Desta vez o Predador chega para uma geração onde o “Brucutu” está dando espaço a protagonistas mais profundos, dramáticos e até crianças com extremo talento, vide Stranger Things, IT, entre outros.

No elenco de The Predator temos atores como Sterling K. Brown que fez um trabalho espetacular na serie dramática This Is Us, temos também Alfie Allen, o Theon Greyjoy de Game of ThronesBoyd Holbrook, que teve grande destaque na serie Narcos e foi um dos vilões em Logan, além de Olivia Munn, a Psylocke de X-Men e o ator mirim Jacob Tremblay, que estrelou o recente The Book of Henry.

Para legitimar o filme no cânone criado em Predador e Predador 2, teremos o ator Jake Busey (filho de Gary Busey) que participou do filme Predador 2. Na sequência Jake fará o papel do filho do personagem de Gary (e a semelhança física de ambos é absurda).

Foi cogitado a participação de Arnold Schwarzenegger como Dutch, porém, o ator descartou sua participação por não ter aprovado a baixa importância dada ao personagem na trama. Vale lembrar que Schwarzenegger também recusou protagonizar O Predador 2, desta vez por questões salariais.

O Predador (2018) pode ser um reinicio espetacular, porém, ao mesmo tempo pode se tornar mais um “caça níquel irrelevante” aproveitando a onda de nostalgia e remakes que assolam Hollywood.

O diretor Shane Black garantiu que o filme voltará as raízes e será um filme de horror, com a crueldade que consagrou a franquia, mas como transformar isso em novidade e trazer algo realmente inovador para os fãs?

Imagino que o filme pode abordar as origens do alienígena, uma vez que em Predador 2 os Órgãos Governamentais já estavam estudando e tinham conhecimento da criatura, então, se souberem dosar a “mitologia” dos Predador com personagens que tenham arcos que nós possamos nos importar, com dramas individuais que levem diretamente a criatura. Se os personagens conectarem com o público pode dar muito certo. Nos anos 80 a identificação era com os estereótipos dos brucutus e suas frases de efeito, fatores que nos dias de hoje não conectam com a mesma facilidade nesta geração mais “hi tech”.

E você? O que espera desta produção prevista para Maio de 2018?

 

André Pacheco

Fundador

No comments so far.

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *