Home / RESENHAS / RESENHA – JUMANJI: PRÓXIMA FASE

RESENHA – JUMANJI: PRÓXIMA FASE

Quando foi anunciado o reboot de “Jumanji”, com a presença
de The Rock, Kevin Hart, Jack Black e Karen Gillian, muita gente torceu o
nariz. Afinal de contas, a memória afetiva e a nostalgia mantinham o público
apegado ao filme de 1995 estrelado pelo saudoso Robin Williams. Porém,
“Jumanji: Bem-vindo à Selva” fez bonito e se mostrou um filme muito divertido e
bem feito. A sua sequência, que estreia agora em 2020, mantém o padrão e também
se mostra uma excelente alternativa de entretenimento nas telonas.

No início de “Jumanji: Próxima fase”, vemos que a turma que
entrou para dentro do videogame no primeiro filme manteve contato, ainda que
tenham seguido rumos diferentes em suas vidas. Porém, Spencer deixa de
comparecer a um encontro do grupo, todos ficam preocupados e vão até a sua
casa. Lá encontram o antigo videogame e chegam à conclusão de que Spencer
novamente entrou no jogo e precisam salva-lo. Paralelamente, somos apresentados
a Eddie, o avô de Spencer, um senhor com dificuldades de locomoção, e Milo, o
ex-sócio de Eddie, eles eram donos de um restaurante e acabaram brigando quando
a sociedade acabou. E eles serão importantes para o desenvolvimento da trama,
acreditem.

Tecnicamente, “Jumanji: próxima fase” é um ótimo filme. Com
exceção das cenas no deserto, onde o CGI nunca me convence, todo o cenário é
muito bem feito, com detalhes, cores e texturas. O filme é tão ou até mais
divertido que o primeiro, pois além do quarteto original, temos os acréscimos
de Danny DeVitto e Danny Glover, além da Awkwafina, a queridinha de Hollywood
no momento. Apesar de ser uma sequência, a obra traz elementos novos que lhe
dão um frescor e um ar de novidade, não sendo apenas “mais do mesmo”. Humor e
tensão andam lado a lado durante a trama inteira, e o final é emocionante
(correu até uma lagriminha, juro).

No final das contas, “Jumanji: próxima fase” é uma ótima
comédia de férias com divertimento garantido. Excelentes atuações de todo o
elenco, principalmente considerando que alguns atores interpretam mais de um
personagem, ou até mesmo têm que assumir os trejeitos de outro durante o filme.
A fotografia é alegre e bem colorida e as aventuras te conquistam de primeira.
Recomendo.

Nota: 9,5

Roberta Rodrigues AutorParticipant
Cabine de Imprensa , Nerd Fusão
Aqui é Nerd Fusão na veia!
follow me

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

x

Check Also

RESENHA – DOUTOR SONO

Vivemos em uma época que a indústria cinematográfica tenta explorar ao máximo ...