Home / NOTÍCIAS / FILMES / RESENHA: OBSESSÃO

RESENHA: OBSESSÃO

Gosto de ver filmes “menores”, com cara de independentes, para sair um pouco dos blockbusters e ter contato com outros tipos de abordagem. Foi por esse motivo que decidi ir à cabine de imprensa de “Obsessão”, um filme de suspense que até causa certa tensão, mas longe de ser marcante. Vejamos.

“Obsessão” conta a história de Frances, vivida por Chloë Grace Moretz, um moça de Boston (aí eu simpatizei com ela) que vive em Nova York, no bairro de Tribeca, em um loft com a amiga Erica. Um belo dia ela encontra uma bolsa no metrô, e como tinha os dados da dona, ela vai até o endereço para devolver. É quando ela conhece Greta, interpretada por Isabelle Huppert, uma mulher solitária de meia idade. Como Frances perdeu a mãe recentemente, e a filha de Greta é ausente (pelo menos é o que fica subentendido), elas acabam construindo um laço de amizade e assim preenchendo o vazio uma da outra. Entretanto, Greta não é pura e simplesmente uma mulher solitária, e começa a perseguir Frances inclusive no restaurante em que ela trabalha, e aos poucos vamos conhecendo essa mulher sórdida e bizarra que é Greta.

A película não tem nada de muito inovador, pois contar a história de stalkers e psicopatas é algo bem recorrente no cinema. Gosto da interpretação das duas protagonistas, da fotografia e das locações (Nova York, né gente. Não tem como ser ruim). A trama tem algumas viradas interessantes, mas nada surpreendentes, e mostra até onde uma pessoa que tenha algum distúrbio de personalidade pode ir para ter um pouco de atenção, e como alguns comportamentos se repetem.

Apesar de a história demorar um pouco para pegar no tranco e algumas atitudes de Frances e Greta nos causarem estranheza, a partir do segundo ato o filme proporciona um pouco do suspense prometido, mas longe de ser um clássico do gênero como “Atração Fatal”. “Obsessão” é um filme OK se você estiver a fim de variar um pouco, mas não espere nada sensacional.

Nota: 7,0

Roberta Rodrigues AutorParticipant
Cabine de Imprensa , Nerd Fusão
Aqui é Nerd Fusão na veia!
follow me

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

x

Check Also

RESENHA – X-MEN: FÊNIX NEGRA

Há quem diga que a Era de Ouro dos super-herois nos cinemas ...